05/03/2015 - 11:50 - Atualizado em 05/03/2015 - 14:45

O financiamento coletivo - Crowdfunding

O CIAEM buscando ter maiores detalhes sobre o crowdfunding, teve um bate-papo com Caio Ciampolini, um dos criadores do Startando

O financiamento coletivo (crowdfunding) baseia-se na arrecadação de fundos, realizadas pela internet, com o intuito de arrecadar dinheiro para artistas, pequenos negócios, startups e filantropias geralmente financiados por pessoas físicas.

Para que o projeto seja viabilizado, uma meta de arrecadação deve ser atingida e caso os recursos arrecadados sejam inferiores à meta, o projeto não é financiado e o montante arrecadado volta aos doadores.

Desta forma, o CIAEM, buscando ter maiores detalhes sobre o crowdfunding, teve um bate-papo com Caio Ciampolini, um dos criadores do Startando - startup brasileira que auxilia os empreendedores a captar recursos por meio do crowdfunding.

O Startando tem o objetivo de criar uma comunidade capaz de dar vida a boas ideias. Qualquer projeto criativo e ou inovador, que tenha um objetivo específico, como o desenvolvimento de um livro, um filme, produtos com bases tecnológicas e produtos ligados à design, podem ser inscritos. Conforme Caio Ciampolini explica, “o Startando veio para abrir novas frentes e levar a ferramenta a um próximo passo, passando a ser uma opção para pequenos empreendedores e empresas que procuram prospectar novos produtos”.

 Já passaram pela empresa 25 projetos, dos quais sete atingiram a meta de arrecadação, 16 não atingiram e dois estão em aberto no momento.  As pessoas tendem a se interessar pelos projetos por conhecerem os seus criadores ou porque já acompanham seu trabalho há algum tempo, ou apenas porque o projeto diz respeito a algo que lhes interessa.

De acordo com Ciampolini, geralmente grande parte da arrecadação vem de pessoas que conhecem o projeto através da rede de contatos e da divulgação do criador (empreendedor). Essa rede de contatos é essencial para o projeto, quanto mais pessoas conhecerem a iniciativa, maior tende a ser a quantia arrecadada. Ampliando e contribuindo com a divulgação do projeto, o Startando auxilia através de posts patrocinados no Facebook, Google Adwords, Blog e Newsletter para seus parceiros.

Para os empreendedores de plantão, Caio deixa uma dica para que eles não desistam dos sonhos, têm que sempre ir atrás de meios para colocar o sonho em prática. Caio afirma: “Hoje em dia existem ferramentas que tornaram mais simples e barato o processo de empreender uma ideia ou empresa. É preciso estudar, fazer a lição de casa, mas principalmente ter a coragem de dar o primeiro passo”.

Veja as postagens recentes

O Ciaem juntamente com três empresas incubadas participou nessa sexta-feira da mesa redonda : Empreendedorismo e Engenharia na XVI SEMEC.
O Simpósio trouxe discussões sobre patentes, propriedade intelectual e inovação
O CIAEM realiza o painel “CIAEMpreenda” e lança o VI Programa de Prospecção de novos negócios.
CIAEM oferece minicurso: Incubadora de empresas e empreendedorismo